Orgia entre Papai, Mamãe e Filhinhos. Publicado por anônimo em 29/12/2021 em Amor Filial

"Em uma casa no interior do estado, Otávio de 40 anos e sua esposa Vanessa de 38, residem com seus dois filhos, um casal de adolescentes. Rodrigo de 19 anos e Sofia de 18 anos. "

Conto adicionado a favoritos
Autor adicionado a favoritos
Conto já adicionado a favoritos
Autor já adicionado a favoritos
Conto salvo para leitura posterior
O conto já estava em sua lista para leitura posterior

A diferença dessa família para outras, é que eles são muito safadinhos e pervertidos.

Pais e filhos, uma família liberal e nudista, que são praticantes de todo tipo de sacanagem e putaria.

O maior passatempo dessa família safada, se resume em orgias e incesto.

Com o aval de Otávio e Vanessa que são safadinhos desde que eram namorados, todos na casa ficam pelados, e fazem todo tipo de atividade com muita naturalidade, usam até o banheiro com a porta aberta, isso quando usam o banheiro...

E também saem no quintal as vezes em plena luz do dia como vieram ao mundo. Vanessa acha muito excitante estender as roupas no varal totalmente pelada, ou as vezes apenas caminhar no quintal toda nua e também fazer xixi ali mesmo quando não dá tempo de chegar ao banheiro.

Não se encomoda com alguns que passam pelo portão e acabam vendo ela toda peladinha. Seu marido Otávio muitas vezes se masturba observando sua esposa desfilando nua pelo quintal.

Mas o divertimento da família mesmo é quando estão reunidos na casa.

Depois de um dia exaustivo de trabalho para os pais ou de estudo para os seus filhos, é hora de relaxar e liberar os extintos mais pervertidos dentro de cada um deles.

A primeira coisa que fazem ao chegarem em casa é tirar a roupa e ficarem todos nus.

O pai Otávio senta no sofá junto com seu filho Rodrigo, e as fêmeas da casa logo começam a desfilar nuas, e trazem o jantar.

Depois de se alimentarem Sofia percebe que o pau do seu pai está ereto, e diz: Papai, como de costume, posso sentar no roliço? Adoro fazer isso! E ele diz: Sim minha filhinha de 18 anos, senta no roliço do papai que o papai tá com vontade de comer você putinha linda do pai!
Logo a menina senta no colo do pai de costas pra ele e começa a rebolar a bunda e o pau entra todinho abrindo aquela bucetinha jovem, pois sua bucetinha já está bem acostumada com a rola do pai, pois foi a primeira rola que sentiu na vida.

Sentado ao lado no mesmo sofá, está seu irmão Rodrigo, que ao ver a cena começa a bater punheta, mas sua irmã tira a mão dele e coloca a dela e diz: Calma meu maninho, meu amor, eu tô aqui, enquanto dou a buceta para papai eu bato punheta para você meu irmãozinho putinho! E ele diz: Então vai putinha do seu irmão, pega nesse pau com gosto!
E enquanto ela senta na pica do seu pai, ela masturba seu irmão mais velho.

Nesse momento a mãe, Vanessa vem da cozinha já com a buceta toda molhada escorrendo água de buceta pelo chão, atraída pelos gemidos, e diz para sua filhinha: Eita como você é putinha minha filha, deixa um pouco pra mamãe!
Nesse momento sua filha Sofia tira as mãos do pau de Rodrigo para que sua mãe também possa brincar, e Rodrigo diz: Vem mamãe vem brincar com seu filhinho mais velho! Otávio diz: Eita! Isso que é família heim, que delícia! Vai minha esposinha putinha, Mete com nosso filho enquanto eu arrebento a buceta da nossa filha! Vanessa diz: Com todo prazer meu amor, pois nós nos amamos e somos uma família que se "ama" até demais rs!
E Vanessa também senta no colo do seu filho que está sentado no sofá, na mesma posição que Sofia, de costas para seu filho, rebolando bem a bunda na pica de seu filho Rodrigo de 18 anos.

Vanessa diz: Aí como queria engravidar de você filhinho! Enquanto galopa no pau de Rodrigo.

E Sofia sua filha diz o mesmo para seu pai Otávio: Aí papai soca soca vai, soca essa pica deliciosa na sua filhinha puta, aí como você tá me criando com carinho papai, como queria engravidar de você meu amor, meu papai marido!

A casa começa a ficar com um cheiro de sexo que começa a exalar, gemidos começam a aumentar cada vez mais, pai, mãe, filho e filha numa orgia espetacular.

Otávio e Rodrigo dizem: Vamos agora para o quintal! Estava de noite e era o momento propício.

Os quatro vão até o quintal, era uma noite muito quente, de céu limpo e estrelado, típica de uma noite de verão entre Dezembro ou Janeiro.

Sofia e sua mãe Vanessa, ficam de 4 desta vez na relva do quintal, parecendo duas cadelas no cio esperando pica.

E Otávio mete na buceta de Sofia sua filha de 18 com mais força, e Rodrigo também enfia o pau na pepeka de sua mãe com violência, e ambos dizem: Vocês querem bebês?
E elas dizem em meio a gemidos: Sim queremos porra nas nossas bucetas caralho! Vai porra mete nessas putas! Mas algo inusitado acontece...

Avaliações

Só usuários podem votar 0 de Avaliações

Comentários 0

Sobre este conto

Autor anônimo
Categoria Amor Filial
Visualizações 587
Avaliação 0 ( votos )
Comentários0
Favorito de0 Membros
Contador de palavras: 947
Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Afiliados