Guilarte Publicado por www.relatoseroticos.es em 04/11/2015 em Gay

" El Profe. "

Conto adicionado a favoritos
Autor adicionado a favoritos
Conto já adicionado a favoritos
Autor já adicionado a favoritos
Conto salvo para leitura posterior
O conto já estava em sua lista para leitura posterior
Este conto anônimo foi publicado originalmente em relatoseroticos.es. E foi traduzido automaticamente usando a tecnologia de traductor.es, pode conter erros de ortografia, erros gramaticais ou palavras não traduzidas do texto original.

. ≪ p > Eu sou um estudo Miúdo normal e praticar esportes Eu sou uma ginasta eo Prof é nomeado Aguilarte, assim como hoje pela fofoca que o Prof tem um pênis grande, gordo e bem dotados, bem como as meninas do outro grupo por um involuntariamente tão porosas e queda senti-lo, porque lá eles vão o que me aconteceu com o Prof. Estamos tomando banho nos banheiros ginástica são habiértos semi quando entre Profe estava nu e quando eu vi meu ponto de vista innotisada fiquei quando vi aquela coisa pendurada tão espessa que era normal aa anormal.Me diz que aconteceu, mas minha mente estava em outro lugar quando eu não disse nada e nada é a visão digole primeira vez que vejo algo tão grande e tão gordo me diz que quer tocar sal andorinha e com medo de caminhada assentiu suave até que meu braç o conseguiu chegar a essa salsicha e Coji não fechar minha mão como gordura e minhas mãos não obscurecida sobra ou eu não tinha uns quatro dedos, mas para alcanç ar cobri-lo com minhas mãos, eu comi pelo homem e fez agachar-me contra ela e, assim, podia sentir o cheiro de um forte odor de macho disse-me jogar e colocá-lo em sua boca e disse a ele, faç a- Só então eu me aproximei dele e lentamente fui cheirar e limpando sua língua até que ele começ ou a tomar o lodo e dizer tudo engoli-lo só poderia ficar com a cabeç a e minha boca doía de gordura como este, mas eu copiei minha cabeç a e um único impulso me chegou quase à meia rápido me leve de volta ou não, eu me sentia sufocada com que grande coisa, mas minha mente estava pensando em meninas ginásio se soubessem o que eu tinha que matar o meu jajajaj.Asi Passei algum tempo sugando e chupando até que ele disse me levantar e e eu pregado volta eu disse não, eu não sou virgem e disse apenas o homem forte Eu cojio pelas mãos e levou-me ao redor de sua cabeç a, que eram minhas nádegas contra puntita sua boca e para baixo com o pênis dele me bater no nariz e me disse que a mãe me não tão louco como todos questão materla na minha boca, mas não tão grande que ele não poderia alcanç ar asa metade por outro lado eu mordi minha bunda e me perguntou sugou minha bunda dando língua como uma gaiola de animais cada vez que eu o puxei na sugar mais eu tentava enfiar a língua até que eu comecei a ficar um dedo, em seguida, um outro alto quanto três tem o olhar e pendurá-me debaixo de mim e me viro começ ou a passar seus belos pênis entre as minhas nádegas para cessos em seguida, ele foi mais do que dilatada minha bunda e empurrou sua cabeç a na dor era de partir o coraç ão ta tenta gritar, mas eu mantenho minha boca havia pessoas no ginásio. E eles ainda podia ouvir a dor tão grande que apenas ficou ainda para o meu ano fora dilatando cada vez mais até cuetión um segundo e sentiu um empurrão e você tinha toda a sua barriga ou torso me deu na minha bunda e me disse porra você tem tudo e será mais assim estava me dando até o cum o saco me para baixo e me disse que eu terá sua boca e veio como um garanhão todo em minha boca ou o tempo me deu tanto leite que me engolir e foi olhou para você foi ver se Ele me deu algo de nojo, mas acabou de mamar aos deixá-lo bem, mas a minha pobre spic burro veio um filho de sangue esteve três dias e volta ruim, mas eu tossir como um louco e agora estou a classe preferida e as meninas me dizer- você faz para ser o primeiro hahaha. ≪ /p > < /br >

Avaliações

Só usuários podem votar 0 de Avaliações

Comentários 0

Sobre este conto

Categoria Gay
Visualizações 99
Avaliação 0 ( votos )
Comentários0
Favorito de0 Membros
Contador de palavras: 746
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Afiliados