Filha do meu padrasto- Parte02 Publicado por anônimo em 27/06/2022 em Transexuais

"Então, depois de um tempo conversando com a Luna, filha do namorado da minha mãe. Era um ótimo papo, tínhamos muito em comum, ela gostava de jogos eu também, ela gostava de filmes engraçados e eu também, ou seja tinha muitas chances de dar tudo certo entre a gente."

Conto adicionado a favoritos
Autor adicionado a favoritos
Conto já adicionado a favoritos
Autor já adicionado a favoritos
Conto salvo para leitura posterior
O conto já estava em sua lista para leitura posterior

Então, depois de um tempo conversando com a Luna, filha do namorado da minha mãe. Era um ótimo papo, tínhamos muito em comum, ela gostava de jogos eu também, ela gostava de filmes engraçados e eu também, ou seja tinha muitas chances de dar tudo certo entre a gente. Já minha mãe estava na cozinha, provavelmente conversar com Pietro, eles queriam que nos descemos bem.

Logo eu e Luna decidimos jogar um pouco, o casal ainda decidia aonde iriam comer. Enquanto isso eu e Luna jogamos e rimos.

Se passou uns minutos, eu tinha me cansado, me virei para Luna e disse:

—Ei! Vamos ver os nossos pais, cansei de jogar—falei de forma calma.

—Sim, estou cansada também...

Ela guardou seu celular e fomos até a cozinha, depois de uma longa conversa com o casal, a gente iria jantar em um restaurante que tinha acabado de abrir. Minha mãe falou que uma amiga foi, e comentou que era deliciosa, simples todos concordamos e partimos ao destino.

Foi tudo tranquilo e divertido, minha mãe se divertiu muito e pelo incrível que pareça, eu também. Pietro fazia muitas piadas e Luna sempre comentava sobre como seu pai era piadista e não parava de falar. Comemos, estava tudo uma delícia mesmo, pagamos a conta e fomos embora.

Pietro disse que tinha alugado uma casa por uns dias, achei isso muito estranho, mas ele disse: "não quero incomodar vocês". Eu olhei para Luna deu um sorriso e um tchau, mas que iríamos nos ver de manhã. O casal se despediu e eles foram embora, fiquei um pouco triste, mas amanhã iria ver eles de novo. Foi a primeira vez que senti o sentimento de família completa, esqueci isso e pensei me Luna.

Só pensava nela agora, eu me deitei para dormir, assisti um pouco, uns vídeos no YouTube, logo senti sono e fui dormir. Tive um ótimo sonho, obviamente Luna estava nele, em resumo, Luna estava se aproximando de mim e falava umas coisas para mim, que me deixou excitado.

Assim que amanheceu eu acordei, era um pouco tarde, quase 10:00 horas, tinha dormido de pijama, mas eu percebi um volume no meu short. Sim, eu lembrei do sonho, resultado acordei com de pau duro. Não era muito grande, mais também não era pequeno, era médio. Não aguentei e bati uma, me aliviei logo, logo, gozei. Me levantei, tinha sujado minha coberta, limpei o que pude e fui fazer minhas higienes matinais.

Hoje minha mãe disse que iríamos passear um pouco, na verdade passar um tempo com Luna e Pietro. Então me arrumei, vesti um cooper preto de manga longa, um short jeans, meia arrastão e um par de tênis all star. Estava me olhando no espelho, me senti bonito, peguei um creme de pele e passei na minha barriga a mostra. Coloquei também um par de brincos pequenos, assim estava pronto. E meu deus, estava nervoso novamente.

Deu nem uma hora, a campainha tocou, desci correndo e antes de minha mãe atender, abri a porta vendo Pietro logo atrás dele Luna. Ela estava linda, usa um regata branca, uma calça jeans, na cintura uma blusa amarrada xadrez. Seus cabelos estavam presos em um rabo de cavalo com alguns fios soltos. Seu pai uma bermuda e uma blusa normal, nada o que falar muito.

—Oi Pietro! Entra por favor—Dei espaço e ele entrou.—Oi Luna, como vai ? entra!

A mesma entrou, me olhou pelo canto do olho, fiquei meio envergonhado, logo pensando, "eu me gosto de uma pessoa que acabei de conhecer?". Não quis pensar muito nisso, afastei esses pensamentos e segui a garota até a cozinha. O casal se cumprimenta com um beijo, eu olhou para eles e reviro os olhos, logo decidimos um dia inteiro, o que iríamos fazer. Primeiro um passei no parque, depois um almoço na lanchonete e por último um cinema.

O dia foi incrível! Eu adorei, fomos ao parque, andamos conversamos, conheci melhor Pietro. Depois almoçamos, eu e Luna dividimos uma grande porção de batata frita com queijo. O cinema, foi o mais legal, assistirmos um filme de comédia romântica. E passamos assim nosso dia. Logo eles foram embora, de novo, mas tem um pouco mias dessa história!!

Avaliações

Só usuários podem votar 0 de Avaliações

Comentários 0

Sobre este conto

Autor anônimo
Categoria Transexuais
Visualizações 53
Avaliação 0 ( votos )
Comentários0
Favorito de0 Membros
Contador de palavras: 805
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Afiliados