os peitos da Oruro Publicado por www.relatoseroticos.es em 26/11/2015 em Sexo oral

" (Os peitos de Oruro foram robustos, de espessura e tinha um oscuritos mamilos que o que eles estavam mamárselos mastigável foi uma delícia, eu parei para saborear os mamilos com meus lábios bem, enquanto ela acariciava meu rosto e meu pescoço me fazendo vasculharam mais entre seu volumoso ... "

Conto adicionado a favoritos
Autor adicionado a favoritos
Conto já adicionado a favoritos
Autor já adicionado a favoritos
Conto salvo para leitura posterior
O conto já estava em sua lista para leitura posterior
Este conto foi publicado originalmente em relatoseroticos.es pelo autor gonzo00. E foi traduzido automaticamente usando a tecnologia de traductor.es, pode conter erros de ortografia, erros gramaticais ou palavras não traduzidas do texto original.

Os peitos de Oruro foram robustos, de espessura e tinha mamilos oscuritos que duritos eles estavam era um mamárselos encantar, eu parei para saborear os mamilos com meus lábios bem, enquanto ela acariciava meu rosto e pescoço tomada me vasculhou entre seus peitos protuberantes. Venha sentir a carnuda que estavam dentro, os seios eram embalado dentro e pele exterior era tão suave que deixou escapar-me por eles com apenas posarles minhas bochechas.

estava tendo esse par de mamas com a minha boca, esfregou quer mamilo em minha lábios e chupou e lambeu como ela me passa com a minha língua, eu tive o prazer de lamber cada um dos seus seios por baixo esfregando a pele com a minha língua através de seu mamilo e, em seguida, subir até o topo do seu peito, entregando umedecido minha boca e levando o sabor agradável de sua pele na minha língua, então eu fiz com as duas mamas e que o fascinava. Agradeci-lhe com beijos enchendo minha boca, minhas mãos foi tomar seus seios e beijar cada invadindo minha boca com a língua, minhas mãos invadiu os seios, eu enchi cada mão com cada um de seus seios. Apaixonadamente acariciando os seios grandes, seus mamilos duros esfregou os dedos, sentir os mamilos pontudos apontando para fora, de modo firme e ao mesmo tempo tão suave ele estava consolando tão emocionante.

Os seios firmes que as minhas mãos haviam sustentado eram tão grandes que sustentar abaixo podia sentir seu peso, imaginado como segurando esse peso por trás de seu sutiã e lembrado como eles deixaram quase saltando para a frente quando você remover o sutiã, solto e eu estava exposta em todo o seu volume, aquele que foi oprimido pelo seu apoio, mas tão livre e minha mão estava como eu gostava de ter os peitos dela, para saborear, para mantê-los em movimento solto de lado a lado como se deixado de fora por gravidade . Graves seios que me permitiram sentir as batidas do seu coração entre batidas a emoção que sentiu ao ser invadido por minhas mãos, os seios livres e animado queria sentir nada, mas carícias e acariciando para fazê-los gostar de ser tocado.

Em seguida, tomar as duas mamas abaixo e deixe seus mamilos apontou para cima. Voltei com a minha língua sobre eles, deu algumas boas licks seus mamilos, cada lambida senti na minha língua dureza, circularidade, a minha língua deslizou até os mamilos e cercando-os com minha língua estava lambendo seus lados, simultaneamente, minhas mãos crispadas sob os seios que fez seus mamilos despuntaran mais para o exterior e, assim, poderia me dar o prazer de lamber os mamilos estes enorme ereto. E então, ela tomou sob seus seios, apertando-os da mesma forma que eu fiz e ambos os mamilos apontou para minha boca para tê-los sugar para dobrar minha boca cada um de seus mamilos e me colocou para sugar, ela entrou em minha boca o mamilo completo com halos e tudo, ela queria ser um bem boquete e me deu a festa chupándoselos, sentindo os mamilos que apontam para o interior da minha boca e segurando a borda da borda dos meus lábios suas auras, há de bom grado sugado em cada sopro, seus mamilos sugado mais profundo em minha boca. Sentindo seus mamilos tenros na minha língua apertar minha boca, eu podia sentir o prazer da pele, sentir seu calor e firmeza ainda alertou certa dureza para a borda de seus mamilos escovei meus lábios e minha excitação eu tive que encostar com língua para, mais uma vez, sinto-me a sensação que me deu.

Em seguida, ela deixou seus seios cair fora da minha boca com seu próprio peso para baixo, ela me olhou sorrindo, e vendo que seus seios haviam sido molhado da minha boca, retomou abaixo e segurando seus mamilos, como já eu tinha feito, mas desta vez para se recompor de seus mamilos umidade que os tinha deixado com meus puffs. Ele tem seus mamilos em sua boca, e começou lamérselos com ternura, com uma suavidade que só sabia como fazer seus lábios, pegou minha umidade de seus seios para ser deixado impregnados seus próprios licks. Eu vejo que a sua própria auto-boquete peitos me levou quase uma emoção que me faz perder o controle de tudo ao meu redor.

Ele chupou esses seios para que me excitava mais e ela me olhou de lado, parecia que eu estava olhando para ela, e sabendo que eu gostei, sabendo que ele gostava de vê-la chegar a auto-satisfação, ele começou a lamber com mais vontade suas próprias mamas . Mas no momento em que foi lançado, parou de repente e levou lamber minhas mãos nas dela me levou de volta para os seios, eu invadiu os seios com as mãos, pancadinha para baixo seus lados, palpável com meus dedos, eu podia sentir um par de veios parecia que pulsava em meu toque, esfregando e acariciando os seios em todos os lugares, era como amassar os seios e se deixar levar satisfeito e impressionado com a forma eo volume da sua redondeza.

Estreitando seus seios novamente colocará meus lábios em um deles, eu me agarro à tetina com as duas mãos segurando-a pelo seu lado, era tão forte seu seio e do mamilo entrou em minha boca, comecei a dar beijos para iniciar em breve a lamber o mamilo ea área circundante, a pele na minha língua era tão fresco que ele me deu beijos, lambidas-o ligeiramente rosa no peito e deixou para retornar ao seu lugar com o seu próprio peso, a minha mão lançou o peito e começou acariciando seus lados, foi tão forte que somente a solo acariciando seus lados e peito que eu percebi o quão grande ele realmente era.

Foi tão redondo, tão carnuda que ambas as minhas mãos estavam sem suprimentos para tornar este peito e minha boca aberta mal podia tomar uma porção do peito para lambê-la, beijá-la e torná-la uma lambida, era algo que me deu uma sensação para os outros agradáveis, lançado desfrutar de outro que mama, ele foi para atender toda a sua glória. Mas eu também queria aproveitar o outro, da mesma forma, segurando solo, sentindo no meu peso da mão e espessura, a sua proposta e pele rico é amassado na minha mão, seu mamilo para fora coroado no meio e também é palpável com a ponta meus dedos, que mamilo resistente escapou dos meus dedos como uma mola e então eu comecei a lambê-lo, ela acariciou seu abdômen inferior, por vezes, chegou a escovar sua vagina e me pediu para me dobrar seu peito em sua boca, eu agarrei com toda a minha boca o peito, cobriu a cabeça fora e chupou com tanta força que ela podia sentir isso e eu entreguei sobre o peito. Era uma coisa recebê-lo na minha boca, enchendo minhas mãos e boca com um único peito.

Então eu queria ir, e foi para o lado, onde ele termina seu peito e vértebras são marcadas, há debaixo do braço, mantendo-se perto de onde a pele é lisa para abrir caminho para o arredondamento do seu peito, beijando-me ficar lá e lambendo continuamente, que lhe deu um arrepio que ela gostava e deixe-me estar lá ao lado de seu peito, apreciando seu lado. Enquanto a outra mão acariciava o outro seio, um pouco cruzando o peito de um lado e tomando seu mamilo com dois dedos para apertar um pouco e tocando-a para que ela se sinta animado por ele e minha língua lambendo o lado perto do teto.

E eu estava lambendo sua pele sob o peito, ele foi em torno de seu peito lambendo por baixo, e quando atinge o centro do seu corpo, lambendo por baixo e no meio de seus dois peitos, lá eu decidi mantê-los e trazê-los juntos no meio. Em seguida, com as mãos segurando os dois seios em seus lados exteriores e começou a colocá-los juntos para o centro, como dois travesseiros macios juntou as duas mamas, e eu fui em que par de seios com a boca, agora que o centro rodou juntos onde a pele de uma mama tinham sido selados pela pele do outro, lamber a união de peles, que conjugado de tetas, a proximidade dos mamilos lambi tudo, e para as bordas exteriores onde elas tinham mais rodada sua também deu uma boa mamas sugadas como um Abraçar tanto o centro desta união de mamas e fora de cada mama. Então eu deixo os seios e os dois voltaram ao seu lugar, deixando temporariamente uma marca vermelha na área onde se tinham ajuntado.

Em seguida, o desenho com a minha boca no meio desses dois boobs, enterrado a minha língua para atingir a pele que separava e que deu mais alguns licks, ao que ela respondeu jogou os braços ao redor do meu pescoço e apertando a sua seios redondos, que tive-a em um abraço apertado e me olhou sorrindo. E no calor do seu peito e abraço, eu dei rendeu ao resto em que o par de mamas que abrigava minha cabeça.

Se você é orureña você pode escrever para:ellibrodegonzo@gmail.com


Avaliações

Só usuários podem votar 0 de Avaliações

Comentários 0

Sobre este conto

Visualizações 267
Avaliação 0 ( votos )
Comentários0
Favorito de0 Membros
Contador de palavras: 1671
Tempo estimado de leitura: 8 minutos

Afiliados